INSS suspende empréstimo consignado e deve mudar limite de crédito


Data: 07/01/2008
Por: Redação
 

Governo deverá reduzir o limite de endividamento para 20% da aposentadoria.
O prazo máximo de pagamento passa de 36 para 60 meses.

Os empréstimos consignados para aposentados e pensionistas estão suspensos desde a última quarta-feira (2) devido a uma mudança nas regras feita pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), segundo informações da Agência Brasil.

As duas principais mudanças serão no prazo de pagamento dos empréstimos e no limite de endividamento dos aposentados e pensionistas.

Segundo a Agência Brasil, o prazo máximo de pagamento dos empréstimos com desconto em folha passa de 36 para 60 meses.

De acordo com a assessoria do Ministério da Previdência Social, o INSS deve alterar também o valor da prestação do empréstimo consignado. Atualmente, os aposentados e pensionistas podem comprometer até 30% do total do benefício no pagamento dos empréstimos, e o INSS deverá reduzir esse limite para 20%.

Os empréstimos ficarão suspensos até que seja publicado esse novo percentual, o que deve ocorrer ainda neste mês.

A taxa de juros aplicada às operações de empréstimos consignados para aposentados e pensionistas é de até 2,64% ao mês.

 

 
Fonte: G1



 


 
Desenvolvimento Connect Santos